E aqui vamos nós, corvinhos e corvinhas! Pelo terceiro ano consecutivo o Festival Cultural Mondo Estronho acontece na Cinemateca de Curitiba, com o apoio da Fundação Cultural de Curitiba. Esperamos por vocês para curtirem GRATUITAMENTE a todas as oficinas, palestras, filmes e shows.

Marque na sua agenda: de 30 de junho a 3 de julho de 2016.

Coordenação do evento: Editora Estronho
Curadoria dos filmes: Otavio Pereira
Realização: Cinemateca de Curitiba, Editora Estronho (e amigos).
Local: CINEMATECA DE CURITIBA: Rua Presidente Carlos Cavalcanti, 1174 – Bairro São Francisco.

EXPOSIÇÃO FOTOGRÁFICA: ARTE TUMULAR

Diálogos com a Cidade apresenta: Ars perpetuum

Arte tumular é um termo que define obras escultóricas inseridas no contexto cemiterial, fazendo deste um verdadeiro museu a céu aberto. O uso de obras de arte em campos santos pode ser percebido por nós como uma simples demonstração de poder econômico dos que repousam em túmulos adornados por obras de arte. Assim, quanto mais sofisticada a escultura é, quanto mais famoso seja o artista que a criou, mais opulência e mais ostentação para além da vida. Entretanto, essa é apenas uma visão sociológica, uma das muitas maneiras de se interpretar o assunto. E esse não é o viés de Ars perpetuum.

Neste ensaio, o coletivo fotográfico Diálogos com a Cidade* não se deixou guiar apenas pela estética escultórica. A busca aqui foi pelas últimas moradas de personalidades relevantes da literatura, da filosofia, do teatro e do cinema. Assim sendo, estão aqui expostas, em mesmo grau de relevância, a grandiloquência de mausoléus como os de Maquiavel, de Dante – em Florença, o qual apenas homenageia o poeta, uma vez que ele não está enterrado em sua cidade natal – e da família Zeffirelli. Tamanha grandeza artística contracena com a singeleza comovente dos túmulos de Heinrich Mann, Bertold Brecht, Sartre e Simone de Bevoir. A altivez de gigantes como Luís Gama, Balzac e Baudelaire está ao lado do mistério de enigmáticas figuras como Marlene Dietrich e Franz Kafka. O amor do público, representado nos beijos de batom no túmulo de Oscar Wilde, é colocado em oposição à dura imagem do mausoléu de Lutero, cravado de balas da Segunda Guerra Mundial, como em uma forte metáfora da barbárie que cerceia a reforma do pensamento.

Ars perpetuum não é um discurso estético de arte tumular, mas uma homenagem ao labor de todas essas personalidades e de tantas outras que Diálogos com a Cidade visitou em seus repousos eternos, com a certeza de que a filosofia e as artes nos fazem seres humanos melhores, nos permitem mudar o mundo e perpetuam nossa existência.

*Diálogos com a Cidade é o nome de um coletivo fotográfico composto por Luciana Fátima e Arlindo Gonçalves. O projeto começou em 1998, com o objetivo de documentar fotograficamente a cidade de São Paulo e discutir, por meio de ensaios temáticos, a relação das pessoas com o espaço urbano. Por essa iniciativa, foram produzidas diversas exposições fotográficas e dois livros.

** A exposição Ars perpetuum terá início no dia 21 de junho na Cinemateca de Curitiba e terminará no dia 3 de julho, durante o Mondo Estronho. Nos dias 2 e 3 de julho, Luciana Fátima e Arlindo Gonçalves estarão presentes.

-x-

PARTICIPAÇÃO DO GRUPO DARK SKETCHER

Acontecerá durante o Mondo Estronho, o 3° Encontro do DASk. Os membros desenharão a exposição Ars perpetuum do coletivo de fotográfos Diálogos com a cidade e o evento em si. Se der bobeira, você que vem nos visitar acaba virando arte. É isso aí! Muito obrigado aos membros do DASk!

OFICINAS E BATE-PAPOS

(Para as oficinas, faça sua inscrição gratuita com antecedência. Escreva para editora@estronho.com.br, informando o título da oficina de seu interesse, nome completo e cidade. Não é necessário se inscrever para palestras e bate-papos.)

30 de junho (quinta-feira)

14h15 | Oficina “Origamis
Somente para crianças, 25 participantes, duração: 1 hora. [Local: Biblioteca] com Baltazar de Andrade.

17h30 | Sessão de autógrafos I: Alunos da Escola de Idiomas CNA, Unidade Santa Felicidade, autografam os livros produzidos no projeto Oficinas Literárias. Duração: 30 min. [Local: Biblioteca] com Gabriela Esmanhotto Kaminsky, Giulia Maria Chibior, Julia Maingue Karam, Maria Eduarda Alves de Oliveira Massini, Giovanna Suely Rautt Nogueira, Khadija Mohamad Youssef, Sofia Zambirão Angnes e Victória Breda Zem.


01 de julho (sexta-feira)

17h30 | Oficina “Origamis
Todas as idades, 25 participantes, duração: 1 hora. [Local: Sala de Estudos] com Baltazar de Andrade.

18h45 | Bate-papo “Literatura de Horror
[Local: Biblioteca] com Celly Borges, Luciana Minuzzi e Tânia Souza.

20h30 | Bate-papo “Saiba como e onde meter o seu… texto
Conhecendo melhor o mercado editorial; ética e comportamento nas redes sociais; como refinar sua escrita. Indicado para autores (novatos ou não), blogueiros e afins. [Local: Biblioteca] com Marcelo Amado.


02 de julho (sábado)

14h45 | Palestra “Zumbis no Cinema
[Local: Sala de Estudos] com César Almeida.

16h30 | Oficina de DESENHO “Criando personagens: formas e estilos
25 participantes, duração: 3 horas. [Local: Sala de Estudos] com Waleska Ruschel.

16h | Sessão de autógrafos II [Local: Biblioteca]
Livros: Ele tem o sopro do Diabo nos pulmões (Marcelo Amado); Perdidos no espaço (Saulo Adami, Carlos Gomes); O degustador de pamonhas (Sérgio Schulenburg); Tesouros de Curitiba e outras histórias (Valter Cardoso); O coração do Cão Negro (Cesar Alcazar).

17h | Sessão de autógrafos III [Local: Biblioteca]
Livros: Malditas, as casas têm atmosfera (Celly Borges, Luciana Minuzzi, Sheilla Liz); Elas, cruéis (Ales de Lara, Carolina Mancini, Celly Borges, Helena Sofia, Luciana Fátima, Susy Ramone, Tânia Souza); Dias de chuva (Carolina Mancini); O edifício (Susy Ramone); De(s)amores e outras ternurinhas (Tânia Souza).

18h | Bate-papo “Steampunk: do mundo das ideias ao mundo real
[Local: Biblioteca] com André Felipe W. Leite, Carlos Alberto Machado, Éverly Pegoraro e Renata C. Kamarowski.

19h15 | Bate-papo “O Fantástico sob o prisma téorico: Todorov e Roas
[Local: Biblioteca] com Adrianna Alberti (UEMS).

20h30 | Debate “Unir para produzir: a sobrevivência de eventos sem apoio
[Local: Sala Groff] com Daniel Repelente, Docca Soares, Flávia Noguera, Giovanni Christian e Marcelo Amado.


03 de julho (domingo)

15h | Oficina “Criação literária: contos
20 participantes, duração: 4 horas. Serão selecionados 10 dos contos produzidos para futura publicação pela Editora Estronho. [Local: Sala de Estudos] com Jeanine Wandratsch Adami e Saulo Adami.

16h | Bate-papo “Quadrinhos – da produção à distribuição
O processo de criação de uma HQ desde sua ideia inicial até as mãos dos leitores. [Local: Biblioteca] com Cesar Alcázar e Luciana Minuzzi.

17h30 | Bate-papo “Quadrinhos – Criando Coisas de Adornar Paredes
Criação e publicação independente. com sessão de autógrafos de Coisas de Adornar Paredes ao final. [Local: Biblioteca] com José Aguiar.

 

-x-

TEATRO

02 de julho (sábado)

18h | Peça “Quente, molhado e sensual

Bem vindos à violência. Tanto a palavra quanto a ação. Este dom natural do ser humano manifesta-se de todas as formas possíveis. Em dados momentos ocorre de maneiras inacreditáveis. Porém, sua forma favorita, ainda, é o sexo!

Trash. Gore. Pornochanchada. Pelos. Suor. Fluidos. A violência não destrói tudo o que toca. Ela ao mesmo tempo cria, molda e guia nossas gerações eternamente fracassadas.

Cacareje de tesão. Mas cuidado com o solo que ciscas, este pó pode, um dia, ter sido os olhos de uma pessoa que já foi amada.

[Local: Sala Groff] com Cia. Danunó Cia de Teatro, de Rolândia/PR.

-x-

SHOWS

02 de julho (sábado)

21h15 | Banda REPELENTES [Local: Sala Groff]
22h00
| Banda OFFAL [Local: Sala Groff]


03 de julho (DOMINGO)

21h30 | Banda MACUMBAZILLA [Local: Sala Groff]

-x-

FILMES

Para assistir aos filmes, basta chegar e entrar. Não é necessário pegar senhas ou ingressos, atentando para a lotação da sala (104 pessoas).

Todas as exibições na Sala Groff.

30 de junho (quinta-feira)
14h30 | Sessão Brichos
  • Brichos, Paulo Munhoz [animação infantil]
14h30 | Sessão Nham-Nham
  • Garoto Barba (2010), Christopher Faust [comédia]
  • Nham-Nham – a criatura (2015), Lucas de Barros [comédia]
  • Coração Azul (2014), Wellington Sari [comédia]
  • Retirantes (2014), Maíra Coelho [drama]
17h35 | Sessão Dias de Trovão
  • Dias de Trovão (2015), Alexandre Rafael Garcia [comédia]
18h30 | Sessão Melhores do Mondo Estronho 2015
  • Mc Don’t (2014), Louis Mota
  • Indianópolis, meu amor (2015), Guilherme Ferraro
  • Pray (2014), Claudio Ellovitch
  • Snuff said (2015), Julio Wong
  • Carniçal (2015), Rubens Mello
  • Judas (2015), Joel Caetano
20h10 | Sessão Underground Retrô
  • 06 Tiros, 60Ml (2005), Kapel Furman [ação]
  • Coleção de humanos mortos (2005), Fernando Rick [horror]
  • Velho mundo (2010), Armando Fonseca [horror]
  • A historia de Lia (2010), Rubens Mello [horror]
01 de julho (sexta-feira)
14h30 | Sessão Pé de Cabra
  • Pé de Cabra (2015), Milton Santos Jr [comédia]
16h10 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 1
  • Rock Rocket – Doidão (2008), Kapel Furman [music]
  • T.A.I. – Trabalho Autoral Independente (2012), Juliana Gregoratto [documentário]
  • Vermibus (2012), Rubens Mello [horror]
  • Desalmados – o vírus (2012), Raphael Borghi [horror]
  • Mandala Night Club (2014), Lula Magalhães [horror]
18h | Sessão Metaxu
  • Metaxu em oito (2013), Thais Simi, Helena Magon e Silvana Ivaldi [experimental]
20h | Sessão Curtas Estronhos Vol. 2
  • Uzômi – a revolta do boêmio (2016), Fabiano Soares [music]
  • Nego (2011), Armando Fonseca [suspense]
  • O desejo do morto (2013), Ramon Porto Mota [horror]
  • O segredo da família Urso (2014), Cíntia Domit Bittar [suspense]
  • Domingos (2015), Jota Bosco [horror]
02 de julho (sábado)
14h30 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 3
  • On the rocks – official music video (2015), Ariel Wollinger & Fabiano Broki [music]
  • Manu Baunilha, Bia Chocolate (2014), Evandro Scorsin [comédia]
  • A vida pela gota (2016), Guilherme Ferraro [experimental]
  • Vegetal (2015), Fabiano Soares & Thor Weglinski [comédia]
  • Garoto propaganda (2015), Christopher Faust [comédia]
  • Arrependei-vos (2016), Carlos Alberto Machado [suspense]
  • A máscara da morte rubra (2015), Luana Marques [animação]
16h05 | Sessão A Casa de Cecília
  • A casa de Cecília (2015), Clarissa Appelt [drama]
19h30 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 4
  • Inphernus zero (2015), Marcos De Vuono [horror]
  • O Covil dos condenados (2016), João Vitor Ferian [horror]
  • UNO (2015), Sihan Felix [horror]
  • Invasor (2014), Lula Magalhães [suspense]
  • Você foi avisado (2016), Geraldo Pioli, Marcos Sabóia e Nivaldo Lopes [suspense]
03 de julho (domingo)
14h30 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 5
  • A cidade dos macacos (2015), Saulo Adami [documentário]
  • A nave (2016), Saulo Adami [documentário]
  • Tirarei as medidas do teu caixão (2015), Diego Camelo [horror]
  • A noite mais longa de minha vida (2015), Calebe Lopes [suspense]
  • Os mortos (2015), Jhésus Tribuzi [horror]
  • Horror no cinema nacional (2016), Israel Lima [documentário]
16h20 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 6
  • O beijo perfeito (2012), Davi de Oliveira Pinheiro [experimental]
  • Sozinho (2015), Ales de Lara [horror]
  • Teresa (2015), Octavio Caruso e Sihan Felix [drama]
  • Parassonia (2014), João Marciano Neto [horror]
  • O presente de Camila (2016), Ivo Costa [horror]
  • Another empty space (2015), Davi de Oliveira Pinheiro [drama]
  • O terno do Zé (2015), Fabiano Soares [horror]
17h35 | Sessão Curtas Estronhos Vol. 7
  • Bom dia, Carlos (2015), Gurcius Gewdner [horror]
  • Indutor (2015), Lula Magalhaes [suspense]
  • Pedaços (2014), Pedro Punk e Erich Eichner [horror]
  • Nua por dentro do couro (2015), Lucas Sá [horror]
  • Embaraço (2016), Fernando Rick [horror]
19h15 | Sessão Condado Macabro
  • Condado macabro (2014), Marcos de Brito & Andre de Campos Melo [horror]